logoidisa.png

MPF posiciona-se contra a Medida Provisória que permite ao Governo supervisionar organizações sociais

 

 

Segundo matéria publicada em 30 de janeiro deste ano, no site de notícias do Ministério Público Federal, a Procuradoria Federal dos Direitos do Cidadão considera inconstitucional o inciso II do art. 5º da Medida Provisória nº 870, de 01 de Janeiro de 2019, que dá competência à Secretaria de Governo da Presidência da República para supervisionar, coordenar, monitorar e acompanhar as atividades e as ações dos organismos internacionais e das organizações não governamentais no território nacional".

 

A Procuradoria entende que o texto "excede, em muito, as possibilidades de intervenção estatal nas organizações sociais" no país e desrespeita dispositivo do art. 5º da Constituição Federal que, proíbe a interferência estatal no funcionamento das instituições e cita, dentre outros, os itens sobre liberdade sindical, direito de greve lei de iniciativa popular e ação popular.

 

“A participação social é um imperativo constitucional que tem em conta o fortalecimento do regime democrático e da democracia participativa, além de orientar políticas públicas para que se desenvolvam em um ambiente de pluralismo e diversidade, assim como para assegurar o controle da gestão pública”, afirmou Deborah Duprat, procuradora federal dos Direitos do Cidadão.

 

Leia a matéria em sua íntegra:

 

PFDC defende inconstitucionalidade de MP que criou monitoramento governamental de organizações sociais no Brasil

 

Leia mais sobre o assunto nos links abaixo:

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Procuradoria dos Direitos do Cidadão alerta: MP para monitorar organizações sociais é inconstitucional

Publicado no Site VIOMUNDO (https:www.viomundo.com.br, em 31.01.2019)

 

 

Ministério Público Federal afirma que monitoramento de ongs é inconstitucional

 

Publicado no Site Grupo de Trabalho da Sociedade Civil para a Agenda 2030 do Desenvolvimento Sustentável (https://gtagenda2030.org.br, em 31.01.2019)

 

Procuradoria se posiciona contra MP que permite monitorar organização social

Publicado no Site RedeBrasilAtual (www.redebrasilatual.com.br, em 31.01.2019)

 

 

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Destaques

Lei federal estabelece regime CLT para consórcios públicos

07/05/2019

1/10
Please reload

Posts Recentes